Piauí busca soluções para Previdência em encontro de governadores

R$ 55 milhões é gasto por mês para complementar o pagamento dos pensionistas e inativos.


(Foto: )

O déficit da Previdência é um dos mais graves problemas do Nordeste e será um dos temas discutidos durante 4º Encontro dos Governadores do Nordeste, que será realizado em Teresina nos dias 16 e 17 deste mês, no Gran Hotel Arrey.

Para o Secretário de Administração e Previdência, Franzé Silva, será aberto um debate junto ao Ministro da Previdência Social em torno do equilíbrio financeiro do sistema de previdência do país. Todos os Estados do Nordeste vão fazer um diagnóstico e mostrar seu quadro atual, buscando saídas com a ajuda do Governo Federal.

“Faremos um diagnóstico de cada Estado Nordestino para buscar saídas com o Ministério. Queremos alternativas para capitalizar o sistema e torná-lo autossustentável. Atualmente, o Piauí gasta R$ 55 milhões por mês para complementar o pagamento dos pensionistas e inativos”, afirma Franzé.

O Estado do Ceará também passa por situação difícil. Só em 2014, teve que aportar 5% de toda a receita para complementar os pagamentos da Previdência. São mais de R$ 83 milhões por mês de complementação.O evento também discutirá questões pertinentes à Segurança Pública e Justiça; Ciência, Tecnologia e Inovação.